VOLTAR

5 Tendências de inovação em bibliotecas

As instituições de ensino superior que investem na inovação em bibliotecas dão um passo decisivo. Acompanhe as tendências neste sentido!

Publicado em 07/04/2021

A inovação em bibliotecas é um caminho sem volta. A educação superior nunca mais será a mesma e a transição do acervo físico para o digital é uma questão de tempo

Com planejamento e parceiros de confiança, as IES estão com a faca e o queijo na mão para oferecer serviços de qualidade e conquistar cada vez mais novos alunos. 

Atualmente, o ensino superior conta com gestores e bibliotecários antenados com o que acontece de mais moderno no mundo. Pesquisa, implementação de novidades e a mudança de orientação, foco e perspectivas estão no radar destes profissionais. Fazem parte de uma agenda de prioridades. 

Sabendo disso, preparamos este artigo pra você. Nossa ideia é apontar as principais tendências de inovação em bibliotecas e alguns fatores de sobrevivência. Desta forma, é possível compreender o que já existe no mercado e dar um novo fôlego para o seu negócio. 

Além disso, este panorama dinâmico que envolve inovações tecnológicas e maneiras de se reduzir custos aponta como a adoção dos acervos digitais traz vantagens para todos os envolvidos. Boa leitura! 

5 tendências de inovação em bibliotecas 

1. Espaços criativos 

As bibliotecas do mundo, pouco a pouco, deixam de ser um espaço exclusivo de pesquisa e leitura silenciosas para funcionar como centros ativos de aprendizagem e experiências criativas. 

Hoje em dia, as bibliotecas do mundo abrem espaço para que os alunos aprenderem a explorar centenas de possibilidades, criando e inovando por meio das mais variadas ferramentas. 

O local físico agora é utilizado muito mais por grupos de estudantes do que para o acesso individual como era comum, no âmbito de uma educação mais tradicional. 

2. Ambientes participativos 

O público-alvo das IES tem se tornado mais exigente e seletivo. Os alunos das novas gerações já nasceram conectados à tecnologia e buscam pela inovação em bibliotecas. Antes sentados, muitas vezes, com apenas dois ou três livros, hoje os estudantes acessam materiais multimídia em diversos dispositivos - notebooks, tablets e smartphones.  

As mesas das bibliotecas permitem o estudo coletivo e servem, ainda, para o debate de ideias e discussão entre várias opiniões e pontos de vista diferentes. Estas atividades são importantes, principalmente, para os estudantes do nível superior, na medida em que simulam os ambientes corporativos. Ou seja, a inovação em bibliotecas prepara os alunos para a vida profissional. 

3. Documentos na nuvem  

Alunos engajados fazem parte da transformação digital pela qual as bibliotecas passam. Eles querem interagir com plataformas que permitam isso por meio de uma interface moderna, colaborativa, intuitiva e que contribua para a integração entre as várias disciplinas e os conhecimentos já adquiridos por estudiosos ao redor do mundo. 

Esta tendência também prevê o armazenamento de documentos e estudos em nuvem. Isso interessa às IES porque significa, entre outros benefícios, uma importante redução de custo. Afinal, não são mais necessários os grandes espaços físicos que geram um exagero de despesas.  

Tudo fica reunido em uma plataforma única, na qual a proteção e a segurança da informação também são maiores. 

4. Autonomia e compartilhamento 

Quando falamos no tema inovação em bibliotecas, não podemos nos esquecer da autonomia que os softwares trazem aos bibliotecários. Numa biblioteca virtual, há muito mais visibilidade pro trabalho ali desenvolvido e transparência da rotina de trabalho. 

Os usuários, por sua vez, vão ter mais interesse em compartilhar experiências. Eles podem organizar os materiais preferidos, catalogar os livros de seu interesse, favoritar os itens do acervo que mais lhes interessa, resenhar obras, criar listas, montar grupos de discussão... Enfim, abre-se uma janela gigante para diversas ações pedagógicas. 

5. Produto inovador 

O acervo digital é um produto inovador. Ele propõe uma guinada na eficiência de uma biblioteca de ensino superior. As atividades em sua instituição passam a oferecer oportunidades únicas e ideais para os alunos que querem se desenvolver nos diversos campos do conhecimento.  

São milhares de títulos num mesmo espaço que pode ser acessado num smartphone, de qualquer lugar e durante 24 horas por dia. A interatividade desta ferramenta pode revolucionar a forma através da qual seus alunos estudam. 

Você sabia que há soluções de bibliotecas virtuais no mercado cujo acervo soma mais de 8 mil títulos só de e-books?  

Para entender melhor o assunto, leio o artigo sobre como adotar o acervo digital em sua instituição de ensino

Saiba mais sobre a Biblioteca Virtual no nosso blog e no site: 

Compartilhe nas redes

Afinal, qual é a melhor biblioteca virtual em Saúde?

Como escolher a melhor biblioteca virtual em Saúde? A Pearson pode ajudar sua IES a tomar uma boa decisão nesse sentido. Saiba mais!

LEIA SOBRE

8 competências que uma biblioteca digital exige do bibliotecário

Você sabe quais são as competências que uma biblioteca digital exige do profissional de Biblioteconomia? Venha conosco e descubra agora!

LEIA SOBRE

5 recursos essenciais para uma biblioteca virtual

Confira a lista com os principais recursos que uma biblioteca virtual deve oferecer. Se você é gestor de IES ou bibliotecário, fique por d...

LEIA SOBRE